09 julho 2007

A CHALAÇA




CASO 1
Aires Pereira, o autarca inquiridor, rosto visível da criação do Caso Dourado, foi acusado de CRIME DE ABUSO DE PODER pelo Ministério Público. Julgado pelo Tribunal da Póvoa, foi condenado. Consta que recorreu para o Tribunal da Relação do Porto. Em público desconhece-se ainda o desfecho final do processo… Se há ou não decisão final, tem estado aferrolhada.
Em síntese, Aires Pereira é ou foi arguido POR UM ACTO QUE COMETEU NO EXERCÍCIO DAS SUAS FUNÇÕES DE VICE-PRESIDENTE DA CÂMARA!

CASO 2
Em 2004, quando o governo anunciou a intenção de dotar de portagens a IC1, o cidadão Silva Garcia opôs-se, participou em acções de alguns movimentos cívicos e escreveu um artigo de opinião no jornal Póvoa Semanário!
Nesse texto, criticou a posição do PSD de Aires Pereira e do Presidente da Câmara, Macedo Vieira, que vieram em defesa ordeira das portagens contra a Póvoa e o seu equilíbrio funcional, invocando sem nexo o princípio do utilizador/pagador.
O cidadão Garcia desmontou a utilização errada do conceito pelos ilustres senhores e, a páginas tantas, escreveu:

(…) “Do Porto a Valença, todos os autarcas têm reagido em defesa dos interesses dos seus cidadãos: independentemente dos partidos políticos a que pertencem, estão todos contra as portagens na IC1/A28!
Na Póvoa, o PSD de Aires Pereira e o Presidente da Câmara Macedo Vieira põem o interesse dos poveiros em segundo plano. Manejam de forma idiota o princípio neoliberal do utilizador-pagador, e querem que todos paguemos portagens.
” (…)


Por causa desta frase, Garcia, que opinara em acto de cidadania, é arguido e vai ser julgado, no Tribunal da Póvoa de Varzim, em 25 de Setembro de 2007.


DIFERENÇA ABISSAL
Pereira é arguido por causa de um acto que produziu no exercício das suas funções de Vice-Presidente da Câmara Municipal, desprestigiando a instituição e causando indirectamente prejuízo ao bem público.
Garcia é arguido por causa de uma opinião emitida enquanto cidadão!

Aires não tem condições éticas e políticas para continuar a desempenhar o cargo onde cometeu o facto pelo qual é arguido: abuso de poder!
E, só por chalaça, Aires pode querer que Garcia suspenda as suas funções como autarca, na sequência da publicação de um artigo de opinião que escreveu antes de ter sido eleito!

Garcia não tem que suspender quaisquer funções como autarca. E, como e óbvio, Garcia também não suspende as suas “funções” de cidadão.
Pode Aires tirar o cavalinho da chuva!

POST SCRIPTUM
A má inclinação para deturpar a realidade e tentar confundir as mentes com o intuito de desculpar o indesculpável, não há-de manchar a dignidade de quem tem as mãos limpas!

21 Comments:

Anonymous Anónimo said...

Esse Aires tem uma lata!!!
Carlos Martins
Vizela

09 julho, 2007 17:12  
Anonymous Pedro Leite said...

Não vale a pena reagir à implementação de portagens na A28. O anúncio dessa ideia do Governo faz parte da sua campanha intimidatória (para que se pense: isto pode ainda piorar). Só é pena que para isso pagem estudos que nem à história da Carochinha fazem justiça. Depois estranham que todos duvidem dos estudas da Ota e outros?, quando apresentam coisas destas.
Caso implementem uma coisa destas, lembrem-se do que aconteceu ao Cavaco com as portagens da ponte.
Não tenham medo! De nada:
nem de ser cidadãos,
nem de protestar,
muito menos
do Buenos.

09 julho, 2007 18:57  
Blogger Manuel CD Figueiredo said...

A comunicação social informou que o vereador Aires Pereira fora CONDENADO por ABUSO DE PODER (no exercício das suas funções de autarca).
Para este vereador condenado (por abuso de poder) a desfaçatez não tem limites!
Com esta sugestão de demissão(!!!), é inimaginável até onde pode chegar a indignidade.

09 julho, 2007 20:44  
Anonymous Fernando Silva. Póvoa de Varzim said...

Aires, Macedo e Cª defendem a Lei da rolha

Não me admira que as pessoas, em geral, tenham dificuldades e entender a justiça no nosso País;
A ser verdade que a causa que motivou a instauração da acção tem a ver com o significado que se retira da frase “ Manejam de forma idiota o princípio neoliberal do utilizador-pagador”, e designadamente do termo “idiota” então, só me resta dizer que quase compreendo o fiscalista Saldanha Sanches quando comentou na comunicação social as “relações estranhas(1)” entre o poder local e a justiça.

O termo idiota é muito utilizado no nosso discurso escrito e oral e só alguém, no meu ponto de vista, muito mal formado e intencionado lhe poderá associar alguns dos significados traduzidos no dicionário, tais como:
“atrasado mental; imbecil ( Porto editora 5ª Edição) “

“Manejam de forma idiota” é a mesma coisa como “Manejam de forma inconsequente, sem nexo, de forma estúpida, ou seja de forma idiota”

A ser verdade alguém responder em Tribunal por se expressar naqueles termos, e essa afirmação ser susceptível de ser entendida como um ataque à honra ou ao bom-nome de alguém, então, só resta reintroduzir e distribuir o lápis azul.

(1) O termo utilizado não foi este, foi outro que todos conhecem

09 julho, 2007 21:14  
Blogger CÁ FICO said...

Vivemos num mundo em que os Lobos vestem a pele de Cordeiros para melhor "comerem as ovelhinhas"...

Claro que o Lobo não é o Garcia.. qundo muito será o "Cão de Fila ou Cão Pastor"

P.S. -Silva Garcia espero que não me vas agora intentar um acção por teter aqui difamado pois se entramos por esse caminho "idiota" e/ou "capcioso" todos os contador de Histórias e fábulas, incluindo o La Fontaine (lembro-me agora o Rato da Cidade e o rato do campo...)e também todos os actores e realizadores de teatro e de revista , incluindo o lá feria claro...eH!eh!

Garcia se deixares que eles te ponham uma rolha na boca ..eles deixam-te em paz!!!

10 julho, 2007 11:08  
Anonymous Anónimo said...

De V.N.Gaia

Como é possível alguém fazer o que fez esse VicEPRESIDENTE e continuar no cargo?
Ah! É verdade: e o que diz sobre este PSD o Marques Mendes que retirou a confiança política ao Carmona, ao Valentim e ao Isaltino?
Este é mesmo um país de IDIOTAS!
J.P.Bacelar

10 julho, 2007 13:24  
Blogger rouxinol de Bernardim said...

E se... longe vá o agoiro... em vez de "idiota" tivesse dito "esquizofrénica"... qual seria a postura do Tribunal?!

O termo já é tão corriqueiro que, se fosse aceite pelo Tribunal, seria um precedente grave e poderia dar azo a "n" processos...

Idiotas somos todos nós que ainda creditamos no conceito de "igualdade perante a lei"...

10 julho, 2007 19:54  
Blogger focode said...

Eu mesmo enviei um email ao Presidente do PSD para saber a sua opinião sobre este caso e nada...niente é mesmo milão...ou não? já agora as pedras da calceta da frente do hospital estãp todas no monte do parque da cidade ou terão algumas viajado até Ponte de Lima?

10 julho, 2007 20:59  
Anonymous Anónimo said...

Sigiro uma "visita guiada" ao semanário SOL!

No sector BLOGUES vejam
"ramodebarro"

sob a epígrafe "ESTRANHO LUPANAR"

há algo de "carapuça" para certa gente...

11 julho, 2007 09:12  
Anonymous cheiodeduvidas said...

a justica esta a funcionar e o SG (ja nao gigante) vai saber no local proprio.

11 julho, 2007 19:53  
Anonymous Anónimo said...

Sr siva garcia desde ja ja o meu apoio e nao tenha medo que isso nao da nada....
se algum dia for presidente desta camara voce vai ter que enfrantar muita coisa e tambem descubrir vamos la ver se isso algum dia acontece.
quanto a isso bem diz saldanha sanches tribunal ha de 1º 2º 3º o de 1º e para o ze povo e depois e quem tem mais dinheiro nao se preocupe mas depois ponha aqui o resultado do processo, se ganhar vai pedir uma Indemnização

11 julho, 2007 20:28  
Blogger Manuel CD Figueiredo said...

João José Brandão Ferreira escreve crónicas com assiduidade em vários jornais nacionais; numa delas, sobre os nossos políticos, escreveu:
"(...)Os autarcas, por exemplo, não dispõem de uma verdadeira escola de administração pública que os forme e os partidos são muito mais uma agência de empregos do que uma escola de educação cívica.(...)A ciência política tem evoluído pouco e seguramente muito pouco relativamente às outras ciências e à dinâmica da sociedade. E é muito perigoso tornarmo-nos complacentes ou intimidados, perante a existência de barbaridades cívicas ou políticas, só porque levam o rótulo ou a desculpa de serem «democráticas»."
Aos dois autarcas(presidente e vice-presidente da CMPV) envolvidos na questão aqui tratada, e pelas piores razões, esta opinião assenta-lhes que nem uma luva.

18 julho, 2007 10:58  
Anonymous Marcio Soares said...

Esse Garcia tem cá uma lata!!!

18 julho, 2007 16:06  
Anonymous Anónimo said...

Oposição não é o que o senhor faz...Tenho o maior gosto em viver nesta cidade e é de assinalar o gandre trabalho dos nossos autarcas que têm feito da Póvoa uma grande cidade!!
Agora o senhor não sabe sequer fazer oposição, e so veste a capa de inúmeros políticos que so gostam de destabilizar e contribuir para o descrédito nacional que paira sobre a plítica...
Deixe trabalhar quem quer eu comocidadão estou satisfeito..consigo e que não..
FORA DA CÂMARA!

19 julho, 2007 12:34  
Anonymous cadeira do poder said...

Quando é que sai a lei que proibe arguidos em crimes com pena de prisão superior e 3 anos estarem em funções autárquicas? Senão é sempre a mesma miséria!

19 julho, 2007 18:35  
Anonymous Anónimo said...

A cobardia enoja...Percebe-se que o anonimato para tentar desancar numa pessoa seria como o Silva Garcia, serve a tipos como o Aires Pereira...
Sr. Garcia, por muito que se sinta agredido e desalentado, NÃO DESISTA!
Isso seria abrir o caminho para mais corrupção e oportunismo na Casa Grande!
Isso era o que os salteadores da nossa terra queriam...
J.Fangueiro

21 julho, 2007 12:58  
Blogger Manuel CD Figueiredo said...

A pergunta posta por "cadeira do poder" é dirigida ao autor do blog, de quem não tenho, obviamente, procuração. Mas tenho a impressão que será um parto difícil, porque incomoda muita gente que é ignorante no conceito de Democracia e avessa ao sentido da Ética (ou apenas da vergonha e da dignidade). Os políticos (os prevaricadores/arguidos/criminosos)e os que os apoiam (a qualquer preço, incluindo o da sua própria dignidade)são a escumalha da nossa sociedade; deles, de uns e de outos, só há a esperar o pior. É um dever cívico dar-lhes combate.

A opinião do anónimo antecessor do "cadeira do poder" consegue ultrapassar o que há de pior num Cidadão que se diga responsável; a sua opinião (pensamento?!)vai ser lida por muita gente fora da Póvoa, que ficará com a pior das impressões da nossa cidade devido à "lisura, isenção e civismo" de tão "exemplar poveiro".

21 julho, 2007 13:33  
Anonymous Anónimo said...

As minhas letras vão para os leitores atentos da realidade.
Fortunas, negócios de milhões, casas e vivendas, apartamentos e contas bancárias, carros de luxo escondidos, pedofilia, salmonelas e arranjos.
Uma breve passagem, um simples passeio pela marginal que ganhou o tal prémio, é, sentir o cheiro a esgoto, uma vista de olhos nas montras da Rua da Junqueira, é, sentir o cheiro a esgoto, posso afirmar que sei do que falo, nunca vi rua comercial tão escura e mal cheirosa, nunca vi tanta asneira.

Esta terra serve a alguns, e, esses servem-se desta terra.

22 julho, 2007 19:55  
Blogger Dimas Maio said...

(eles) manejam de forma idiota...

Essa de deduzir que o adjectivo
idiota,aqui, qualificativo do substantivo (ou nome) forma, é uma ofensa ao sujeito ou agente da acção, aqui,(eles, subentendido)),só por ignorância da língua portuguesa, o que infelizmente acontece em enorme escala nos dias de hoje.

Assim se eu disser o que penso,hoje, da
asneira da ministra da educação,por ter arquivado o processo do Arado, estarei, por ventura, a chamar-lhe asna?...

25 julho, 2007 17:49  
Anonymous Anónimo said...

sr. silva garcia o senhor é um grande palhaço, em vez de procurar fazer, e dizer o que diz, (asneiras)devia era procurar ser util à grande cidade da póvoa de varzim.Sabe como? Demitir-se.De um grande amigo,e conselheiro seu.Antes querer ir embora pelo nosso próprio pé do que ser mandado embora. Na Póvoa de Varzim ainda só à meia dúzia de burros (os que votaram em si )os intelegentes (a maioria )vai correr com sigo .

10 agosto, 2007 15:47  
Anonymous Anónimo said...

sr. silva garcia o senhor é um grande palhaço, em vez de procurar fazer, e dizer o que diz, (asneiras)devia era procurar ser util à grande cidade da póvoa de varzim.Sabe como? Demitir-se.De um grande amigo,e conselheiro seu.Antes querer ir embora pelo nosso próprio pé do que ser mandado embora. Na Póvoa de Varzim ainda só à meia dúzia de burros (os que votaram em si )os intelegentes (a maioria )vai correr com sigo .

10 agosto, 2007 15:47  

Enviar um comentário

<< Home