14 junho 2007

MENTIROLA


Disse Luís Diamantino a Ângelo Marques, do Comércio da Póvoa : “A solução do PS era: isto é um acordo social, vamos todos pagar, até as pessoas que podem são beneficiadas. Não é a nossa perspectiva. Achamos que também as entidades privadas têm a sua quota parte nesta matéria”.

Ora, é REDONDAMENTE FALSO que o PS pretenda um serviço gratuito, e muito menos para quem o possa pagar!
Os Vereadores do PS defendem no PROJECTO BOLINA que uma rede de transportes colectivos a sério tem que ser ao mesmo tempo economicamente viável e socialmente sustentável. Para a viabilidade financeira apontam propostas. Para a sustentabilidade social propõem que a Câmara assuma, no âmbito das suas competências legais, os naturais custos com uma subvenção à empresa privada que vier a fazer a exploração da rede definida pelas duas Câmaras Municipais, com o exclusivo objectivo de assumir o encargo social com o apoio aos idosos, às famílias carenciadas e à população estudantil (uma vez que esta poderá no futuro usar a Rede a criar).
Quem nunca percebeu o estudo da FEUP foi Macedo Vieira, Diamantino e os seus companheiros. Quando se conformaram com a auto-desculpa de que 49.000 € mensais era muito dinheiro, e que um serviço tão caro não seria suportável pelo Município, esconderam-nos que essa verba correspondia à despesa e não revelaram que o mesmo estudo apontava para a sua superação através da receita resultante de uma utilização devidamente quantificada e viável, atendendo aos grandes fluxos existentes entre a Póvoa de Varzim e Vila do Conde (19.500 deslocações diárias em cada uma das direcções, segundo numeros de 2000) e à correspondente venda de billhetes ao preço de 0,60 €. Como também não revelaram, que os custos, a existirem, seriam a dividir segundo o princípio da proporcionalidade, com a Câmara de Vila do Conde, uma vez que se trata de um projecto intermunicipal!

2 Comments:

Blogger MC said...

Bem, não me quero meter na política local, mas quando alguns dos outros "não-necessitados" optam por usar o autocarro em vez do automóvel quem sai beneficiado sou eu que tenho menos trânsito, menos barulho, mais lugar para estacionar, menos poluição. Por isso até me parece fazer sentido que sejam todos os pagar pelo transporte público.

15 junho, 2007 10:25  
Blogger Manuel CD Figueiredo said...

Assisti à apresentação do estudo feito pela FEUP (que o repetiu na última conferência do PROJECTO BOLINA), e acompanhei o desenvolvimento e o ciclo de apresentações que se fizeram sobre o projecto. Não tive nem tenho quaisquer dúvidas sobre a importância e a viabilidade do BOLINA. Tivesse Macedo Vieira e os vereadores PSD assistido aos trabalhos realizados, e TALVEZ tivessem percebido alguma coisa do assunto; e no caso de terem dúvidas, por não terem percebido, alguém lhes haveria de explicar as vezes necessárias até entenderem.
Preferem, no entanto, dar de si próprios a pior das imagens, fazendo declarações erradas e em nada sustentadas. Pior é impossível!

16 junho, 2007 00:32  

Enviar um comentário

<< Home