08 março 2006

MULHER

foto de Akhtar Soomro



8
de Março de 1857. Nova Iorque.
As operárias têxteis de uma fábrica entram em greve, ocupando a fábrica, para reivindicarem a redução de um horário de mais de 16 horas por dia para 10 horas.
Estas operárias que, nas suas 16 horas, recebiam menos de um terço do salário dos homens, são fechadas na fábrica onde, entretanto, deflagra um incêndio. Cerca de 130 mulheres morrem queimadas.

Dinamarca, 1910.
Numa conferência internacional de mulheres foi decidido, em homenagem àquelas mulheres, comemorar o 8 de Março como "Dia Internacional da Mulher".
De então para cá o movimento a favor da emancipação da mulher tem tomado forma, tanto em Portugal como no resto do mundo.
Celebrar este dia tem por objectivo chamar a atenção para o papel e a dignidade da mulher e levar a uma tomada de consciência do valor da pessoa, perceber o seu papel na sociedade, contestar e rever preconceitos e limitações que vêm sendo impostos à mulher.



Aqui e agora, curvo-me diante da silhueta universal e multicolor onde cabem todas as mulheres…



E trago os rostos das mulheres da minha vida:
. a minha mãe, sempre discreta…
. a minha avó Ana, pessoa humilde, que me ensinou a resistir, que me contaminou pelo sentido da responsabilidade, me impregnou de genica e da certeza de que, depois de toda a queda, há em nós a força para nos erguermos de novo.
. a minha mulher Manuela, meu porto de abrigo dilecto e minha estrela polar…
. as minhas filhas, Catarina e Sara.

Tê-las comigo, serenas companheiras, nos mesmos passos da aventura, cada risco que se experimenta torna-se numa ponte firme para o futuro!

6 Comments:

Anonymous Anónimo said...

Plena do vazio único
inabalavelmente ancorada no silêncio
a multiplicidade dos seres eleva-se
enquanto contemplo as suas mutilações.
A multiplicidade dos seres
regressa à origem.
Regressar à origem
é alcançar o silêncio
a calma permite encontrar o seu destino.
Reencontrar o seu destino reconcilia-nos de uma forma inabalável.
A reconciliação inabalável conduz ao despertar.
Não conhecer o despertar
conduz à confusão.

LAO TSE, Tao Te King

08 março, 2006 23:08  
Blogger UNIVERSALEX said...

Regressar à Origem?

Só Deus pode fazer isso!

09 março, 2006 16:13  
Blogger Manuel CD Figueiredo said...

Se formos capazes de compreender a luta justa e corajosa de Mulheres que foram exemplo para a Humanidade;
Se tivermos a capacidade de contribuir para acabar com as desigualdades, que o Homem teima em manter;
Se temos a sorte de ter havido entre os nossos alguém que foi a Árvore que nos deu sombra e criou fortes raízes;
Se à nossa volta existe um jardim com árvores que nos dão frutos;
Se tudo isto foi e é obra de Mulheres, feliz é o Homem que tem a grata satisfação de poder homenageá-las.

09 março, 2006 19:51  
Blogger CÁ FICO said...

Segunda-feira, Março 06, 2006

O PDM
Corria o ano de 1994
"Todos quiseram conhecer o PDM...no GARRETT"
"Grupo de reflexão do PS informou-se do PDM à parte...na FILANTRÓPICA
Era assim que Semanário A Voz da Póvoa, no seu nº 629 de 3 de Março de 1994, sob a Direcção de Francisco Casanova
informava sob o PDM elaborado pela equipa liderada pelo
Arquitecto DOMINGOS TAVARES
" Foram apresentados ao público todos os projectos acompanhados dos mapas correspondentes"..."propôs-se uma ligação interna que deverá coincidir com a linha do caminho de ferro"..."para ligar ou interligar as freguesias da Póvoa"...
Na Filantrópica, "Domingos Tavares mostrou-se preocupado com algumas construções previstas para Terroso e lamentou que tenha sido construido um campo de futebol demasiado perto da citânia."
" O Porta Vóz dos "renovadores do PS" - Ilidio Pereira-"


# posted by UNIVERSALEX @ Segunda-feira, Março 06, 2006 0 comments links to this post

10 março, 2006 13:25  
Anonymous Anónimo said...

Um bem HAja para todas as mulheres do Mundo, ... e um muito especial para a melhor mulher do mundo -

A MINHA!!!!
Olag

10 março, 2006 13:53  
Blogger UNIVERSALEX said...

Tenho musica para vós visitem-me

em cafico.blogspot.com

ou comenergia.blogspot.com

11 março, 2006 17:17  

Enviar um comentário

<< Home