14 dezembro 2008

À PROCURA DA NOVA ESQUERDA


"O grande tabu que tem de se quebrar: o de que há uma esquerda que, quando chega ao Governo, deixa de ser praticante de politicas de esquerda, e há outras esquerdas que se refugiam no contra-poder"

Manuel Alegre

4 Comments:

Blogger CÁ FICO said...

Se ele não está bem no PS porque não sai de vez?
pelo menos dará o lugar a muitos outro socialistas...

15 dezembro, 2008 21:50  
Anonymous Anónimo said...

É por causa deste comportamento de avestruz que o PS está como está, ou seja, já não é! Não será sintomático que a direita esteja tão satisfeita com o governo do zé sócrates? A direita olha para este governo e pensa: que pena não termos tido tomates para fazer os ataques à saúde, à escola, aos direitos dos trabalhadores e a outros direitos sociais!!! Deixá-lo estar por lá. Assim vamos beneficiando disto e não queimamos nem as pestanas nem a pele!!!
Há muita gente no PS que não está a gostar nada disto!
Senhor Cá Fico, veja a última: para sacar dinheiro a todo o custo aos contribuintes, as finanças queriam cobrar cerca de 50 contos de multas a 200.000 mil pessoas que passaram recibo verde só por não terem entregado a declaração anual do IVA. Eles haviam entregue todas as decarações periódicas e, o que é essencial, haviam pago ao estado o respectivo imposto. Não tinha defraudado os cofres públicos. Só não tinha entregado a declaração que era uma segunda informação do que já haviam informado!!!
Foi preciso que as pessoas reagissem para que se percebesse a iniquidade. Agora, o governo volta atrás, envergonhado...As pessoas, afinal já não pagarão a multa e os que entretanto regularizaram a situação, vão poder reaver o dinheiro já pago!!!
É este o PS que temos no governos: forte com os fracos e fraco com os fortes. Olhe o negócio do POrto de LIsboa, e o apoio à banca dos tipos que se autopremiavam com milhões de euros...
Não meta a cabeça na areia. O PS, se não quiser perder a identidade e, mais tarde ou mais cedo o poder, tem de se refundar.
R.L.Matos

16 dezembro, 2008 09:23  
Anonymous Mário Silva said...

Indiscutívelmente que a esquerda que optou por ser poder foi o PS, mas quando o detém fica refém da outra . Esta, apoiada num populismo saloio, nada constroi e foge sempre de assumir qualquer compromisso. Entendo-a. A sua visão do mundo não passa pelo capitalismo, mesmo que regulado. Para essa esquerda a queda do Muro de Berlim nada trouxe de novo, se bem que alguns, intelectuais bem falantes, passem o tempo a tentar construir uma mundo que não passa de uma panaceia. Governar implica decidir, fazer opções e fazê-lo dentro do esquema referências dominante. Significa ter de actuar menos com a ideologia e mais com o possível. O Manuel Alegre, no meu entender, só servirá para esquentar a cabeça do Chefe e fazer crer aos outros que no PS ainda existe alguém que sonha.

30 dezembro, 2008 19:35  
Blogger RENATOGOMESPEREIRA said...

muito dificilmente MA terá o meu apoio...embora saiba que dele não precisa... a não ser na segunda volta..se lá chegar....eh1eh1

como diz o velho ditado do 007

"never says never..."

hellás!!!

18 janeiro, 2010 11:03  

Enviar um comentário

<< Home