24 maio 2008

Q & Q / Maioria Absoluta PSD / Bónus de 50%






Depois de um bónus de 18.000 m2 (!!!) de construção a mais do que seria razoável, urdido numas Normas Provisórias que não observaram o princípio da universalidade e da abstracção que deve caracterizar a lei... Um bónus a uma empresa privada com o sacrifício do Urbanismo e à custa da Cidade, oferecido como contrapartida enganadora da manutenção de uma actividade produtiva e dos postos de trablaho, será que o inevitável e previsível vai acontecer?
A confirmar-se esta notícia do Grupo GUEDOL, materiaiza-se mais uma vitória da hipocrisia política que escurece a nossa terra!
GO!SHOPPING PÓVOA DO VARZIM

Localização. Póvoa de Varzim (Rua Comendador Francisco Alves Quintas)
ABC. 56.700,00 m2 m2
ABL. 45.687,10 m2 m2
Data prevista de abertura. 4º trimestre de 2011
Fase do Projecto. Licenciamento comercial previsto – Fev. / 2009


8 Comments:

Blogger CÁ FICO said...

Eu vou aderir ao boicote de 1 - 2 -3 de Junho à Repsol, BP e GALP

24 maio, 2008 15:36  
Anonymous Anónimo said...

Garcia quem dera que a Póvoa tivesse um shoping para continuar a atrair muita gente. O sol e paria já não chegam para nada. E se não vier para cá vai para Vila do Conde! e voltamos a levar no... Concordo com shoping no QQ e não junto ao Hospital

25 maio, 2008 20:30  
Anonymous Anónimo said...

É preferível ter um shopping na zona de Barreiros a ter um na zona do actual estádio do Varzim. Isso é que seria um verdadeiro crime urbanístico. Em Barreiros, pelo menos ficará numa zona mais discreta e que até tem crescido à custa de algumas construções de média/grande envergadura.

26 maio, 2008 14:32  
Anonymous Anónimo said...

Independentemente das razões que poderão ter levado à construção do C Comercial fico preplexo com o facto de tal se ter desenhado sem que a Comunicação Social se tenha debruçado sobre esse investimento.Não estamos afalar de algo irrelevante e por outro lado todos sabemos as promessas feitas e os bónus concedidos.Será que esse silêncio foi premeditado, ou sou eu que ando distraído e não li o que deveria ter lido?
A transparência, em casos como este e não só, tem que ser efectiva para que não haja lugar a interpretações dúbias.
Com isto não estou a pôr em causa quer o investimento quer o encerramento da fábrica, mas quer um quer outro, perante este eventual jogo das escondidas, darão motivo para desconfiar.

26 maio, 2008 19:58  
Anonymous Anónimo said...

e cá está a culpa é da comunicação social

28 maio, 2008 15:00  
Anonymous Anónimo said...

Aí está uma zona a desenvolver... eu voto no shopping em Barreiros...

30 maio, 2008 09:34  
Anonymous Anónimo said...

O filme está à vista.
Segundo o Comércio da Póvoa, Macedo Vieira ficou muito incomodado com o facto de os Quintas não lhe terem dado conhecimento do projecto.
Ainda segundo o mesmo jornal, a Câmara irá negar autorização.
Mas não querem ver que por uma "inocente" "falha nos serviços" (o pedido entrou na Câmara em 22 de Abril e spenas chegou ao conhecimento do Presidente a 26 de Maio)pode ser que o prazo para indeferir o pedido já se tenha esgotad?
Esperemos para ver se uma inocente falha não vai levar a que os mesmos que atribuiram um escandaloso aumento da área a construir, a troco de nada (e eles sabiam que era a troco de nada)aprovam agora (por omisão propositada) o novo projecto, agora a troco da destruição do nada anteriormente prometido.

30 maio, 2008 12:49  
Anonymous Anónimo said...

Eh! pá...

O azar que o Dr. Macedo Vieira tem...

Quando foi do caso Dourado, apanharam-no de costas (que é como quem diz no Brasil) e pimba!...

Agora, como o homem se manteve no seu posto, aconteceu "uma falha dos serviços" como refere o Comércio da Póvoa, que levou a que só passados 33 dias tivesse tomado conhecimento do projecto.

Querem ver que ele apenas tinha 30 dias para se pronunciar sobre o dito?

E ele que tanto queria indeferir o pedido!...

Lá vamos ter outro presidente da Varzim Lazer.

De qualquer maneira, deixo aqui a minha solidariedade ao Senhor Presidente. O homem tem muito azar!...

30 maio, 2008 13:31  

Enviar um comentário

<< Home