17 fevereiro 2008

A POLÍTICA DA LEGIONELLA

Fotografia publicada in O Boticario de Província
Depois da política laranja da Salmonela, será que agora se afirma a política laranjola da Legionela?

A Póvoa continua a ser oportunidade para as piores experiências, porque é teimosamente terreno fácil para muita goela e show off, a esconder tanta irresponsável mediocridade!
A Varzim Lazer é, do ponto de vista da organização municipal, uma dispendiosa inutilidade. Serve apenas ao ego dos que estão na sua génese e insistem na sua manutenção, não só por mero capricho, mas porque a alegada agilidade de procedimentos lhes permite contratar quem quiserem e como quiserem, sem o crivo dos concursos públicos.

Mas, não lhe basta ser esse monstro que gasta cerca de 100.000 euros/ano com uma Administração dispensável.
A falta de manutenção periódica segundo as melhores práticas técnicas, como se exige por se tratar de um equipamento público, e o estado de degradação dos seus equipamentos têm vindo a ser denunciados, sem que os responsáveis saiam do estado de letargia e façam o indispensável para proteger a saúde pública.

A confirmar-se a presença da mortífera
Legionella pneumophila nas instalações das Piscinas Municipais, confirma-se igualmente a irresponsabilidade dos que a dirigem, com particular destaque para o “competentíssimo” Dourado (durante anos), para o Presidente Macedo Vieira sempre e, a partir de alguns meses atrás, delfim político, Afonso Oliveira.
Enredados a tentar justificar uma opção empresarial injustificável – se a gestão dos equipamentos desportivos municipais deve ser feita por uma empresa municipal, porque mantém a Câmara a gestão directa do Estádio Municipal e dos Relvados Sintéticos e não os inclui na esfera empresarial da Varzim Lazer? -, distraídos à mesa mediática dos sabores poveiros - com pratos e vinhos que só por ficção se confundem com a especificidade local… – os edis, que tudo dizem saber quando lhes fazem qualquer recomendação, ignoraram que há outras manutenções a fazer, que não apenas a do poder.

Mas, se está mesmo à solta nas Piscinas Municipais a mortífera Legionella pneumophila, o que tem a dizer a Autoridade de Saúde local?

Vi as imagens publicadas pelo
Boticário de Província e fiquei estarrecido!
Se está mesmo à solta nas Piscinas Municipais a mortífera Legionella pneumophila, resta exigir que, de uma vez por todas e sem mais demoras, se faça a substituição das infra-estruturas degradadas, se passe a cuidar delas de acordo com as prescrições técnicas mais apuradas.
E resta esperar que, enquanto isso se faz, ninguém seja contaminado!

8 Comments:

Blogger Manuel CD Figueiredo said...

Enquanto se permitir a existência de empresas(?) municipais deste tipo, inúteis para a população que é pressuposto servirem, estamos a alimentar ainda mais um monstro devorador da essência do poder local. E, no caso concreto da VL, estamos a contribuir para, de modo sub-reptício, engordar mais os ganhos de alguns e manter um processo da continuação deturpada do poder (veja-se como se favorecem determinados grupos sociais, agremiações e associações). Mais ainda:a irresponsabilidade, que já se manifestou ao longo da sua existência, agrava-se agora com as evidências dos perigos para a saúde pública, com que nos assassinam.
Numa sessão da A.M., ouvi eu, de delfos delfins, que não frequentam a VL, tecerem louvores à magnificência das instalações e à excelência da qualidade dos serviços prestados à comunidade pela VL! Acrescentam, agora, a LEGIONELLA PNEUMOPHILA!

17 fevereiro, 2008 17:18  
Anonymous Anónimo said...

Ó Arquitecto, então vossemecê ainda não percebeu que isto mais dia, menos dia acontecia, com os palhaços e idiotas que mandam naquelas piscinas, aqueles vírus e parasitas acabavam por se propagar?
Estiva a ver as fotos do Boticário e realmente as piscinas deviam passar a ser uma galeria de arte, repare nos pormenores das pinturas dos tectos e das paredes, aqueles sombreados, o cuidado com a imitação de ferrugem que, até para mentes menos atentas pensarão que é ferrugem verdadeira. Aquilo é uma verdadeira obra de arte que pode ombrear com museus de cidades como Paris ou Tóquio, imagino o trabalho que teve o artista que fez o tubo a imitar uma conduta de ar, a elaboração perfeita do seu interior quase surrealista, fiquei estacado com essa foto. Já imagino a fila de pessoas de queixo caído e cabeça levantada apreciando tamanha obra de escultura moderna, ai se o Berardo tem conhecimento e a leva para o Centro Cultural de Belém, imagino até o nosso primeiro, sim o Sócrates a compra-la para a colocar no exterior de uma das famosas vivendas que projectou.
A Póvoa sempre acabou por conseguir ser a Capital da Cultura e Lazer com este investimento, adivinho novas e corajosas apostas por parte desta câmara tão zelosa pelos interesses dos Poveiros em criar rapidamente um circuito cultural que possa ombrear com as gravuras rupestres de Foz do Côa. Os meus parabéns à câmara ao seu presidente e aquele notável pensador que é o vereador da cultura que ajudado pelos seus pares conseguiram tamanho milagre para enaltecer o nome da Póvoa e mostrar com todo o orgulho a quem nos visita, que a nossa Terra do Mar é sinónimo de qualidade e bom ambiente além de… Peço desculpa mas vieram-me agora as lágrimas aos olhos, estou mesmo comovido, a alegria o orgulho de ser Poveiro o poder apreciar e partilhar este fabuloso trabalho, e, sabendo que com o museu fechado para obras a nossa câmara acautelou um espaço cultural com tamanha qualidade, fiquei desfeito. Amanhã mesmo prometo que irei passar um dos melhores momentos culturais da minha vida nesta nova galeria de arte, o expoente cultural da nossa câmara… Peço desculpa voltei a chorar comovido.

17 fevereiro, 2008 19:18  
Anonymous Anónimo said...

Boas amigo Garcia gostaria que comenta se isto que aqui vai e que reflectisse sobre isto, se a politica não desse tacho não havia tantos incómodos a muita gente e cá vai:

http://www.agenciafinanceira.iol.pt/noticia.php?id=916836&div_id=1730


http://democraciaemportugal.blogspot.com/

18 fevereiro, 2008 19:48  
Anonymous Anónimo said...

a ser verdade tudo isto é potencialmente criminosa esta conduta!

Não há responsáveis a darem a cara?

é de bradar aos céus esta irresponsabilidade. gentinha sem carácter.

19 fevereiro, 2008 11:08  
Anonymous Anónimo said...

Mais uma condenação pela corrupção e será que aqui na povoa não haverá?
de onde vem o dinheiro para as campanhas dos partidos principalmente do Psd?
vejao aqui........

http://diarioeconomico.sapo.pt/edicion/diarioeconomico/nacional/sociedade/pt/desarrollo/1091496.html

19 fevereiro, 2008 17:42  
Anonymous utilizador/pagador said...

Estão todos malucos? A única informação que existe é a de um papel -- que é mudado todas as semanas -- informando os utentes que o jacuzzi está avariado por razões técnicas.

Assumem. Idiotas.

PS. Arq.to gostava de saber, oportunamente, a sua opinião acerca da mudança das instalações do Clube Desportivo da Póvoa para o Parque da Cidade.

19 fevereiro, 2008 19:34  
Anonymous Anónimo said...

MANIFESTAÇÃO DE PAIS DE CRIANÇAS QUE FREQUENTAM AS PISCINAS DA VARZIM LAZER, AMANHÃ, PELAS 18.30H, À PORTA DAS INSTALAÇÕES DA VARZIM LAZER, PARA PEDIR ESCLARECIMENTOS AO CONSELHO ADMINISTRAÇÃO POR ESTES FACTOS!
COMPARECE E DIVULGA!

20 fevereiro, 2008 14:19  
Anonymous Anónimo said...

Aqui esta a prova de que o presidente do concelho de administração não tem competência para gerir a V.L.
O menino bonito do Macedo demonstra que esta ali para ocupar o lugar, mas trabalhar, não é nada com ele, se fosse para apresentar mais um prato, lá estava ele.
O que ele faz melhor é andar na sombra do presidente, sim, porque onde esta um esta o outro, se não esta chega dentro de minutos. Tem que ser mais hábil para o derrubar e mostra ainda mais a incompetência na gestão da coisa pública

21 fevereiro, 2008 22:07  

Enviar um comentário

<< Home