31 outubro 2006

BOM DIA FALCÃO

Bom dia, Isaltino Falcão.



Desejo-te, pela manhã, um bom dia.
Não um “diabom”, como diria o tripeiro, roçando o risco de fazer uma confusão dos diabos.

Como consta que o primeiro movimento que dás ao rato pela manhã te leva para as ruas do CÁ-70, é justo desejar-te que o dia te corra bem!

Confesso, todavia, que não compreendo essa irreprimível atracção pela coisa escrita no blog, consumindo-te sofregamente a tentativa de mais uma vitimização.
Não gostas do blog, mas não consegues passar sem o tomar de manhã em vez do café, e de o sorver sem açúcar para que o sofrimento seja mais autêntico.
Não gostas do blog. É uma chatice ter que aturar a impertinência de um tipo que escreve o lhe dá na gana, mesmo se o faz com frontalidade, dando a cara e desenhando por baixo o nome. Se ao menos fosse Anónimo, podias barafustar um pouco mais…
Não gostas do blog, porque tem desmascarado contradições e mentalidades patetas…
Não gostas do blog porque tem a mania de ser espelho quando abres o computador, no primeiro minuto de um dia mais ao menos longo.
Não gostas do blog, porque não gostas do tipo que nele despe factos e semeia opiniões…
Não gostas do blog, mas não consegues passar sem uma espreitadelazinha pela manhã.

És, provavelmente, a pessoa que mais convive com um blog de que não gosta.
Pelo titânico exercício, mereces que te saúde pela manhã!

Apenas um reparo: não voltes a dizer ou sequer a insinuar que o autor do Cá-70 é responsável por outros blog´s que ainda gostas menos, aqueles que te zarpam sem dó nem piedade, destapando pelos pontos cardeais a tua podridão.
É óbvio que não sou! E, lá no fundo, sabes que digo a verdade! Mas tens um secreto desejo de compensar com a difamação torpe o que não consegues vencer por actos racionais.
Por uma vez na vida, depois da recente transfiguração, faz um favor a ti próprio e à pandilha que te contamina: não levantes falsos testemunhos. Ficam mal a um VTI.

Isaltino Falcão,
fica-te com esta, que me ocorreu a pensar na sombra do que de ti abandonaste: alguém disse que “se queres conhecer um homem dá-lhe poder”.
Por que carga de água te deram poder?!

Um bom dia para ti.
José

15 Comments:

Anonymous Carla said...

Ao Vianez Falcão também serve esta carapuça!

31 outubro, 2006 17:11  
Anonymous MMB du Bocage said...

Se alguém quiser contar o que se passa eu, como espectador do blogue, muito agradecia!!!

31 outubro, 2006 17:49  
Anonymous Anónimo said...

Anónimo escrito com letra grande, na realidade é assim.

FDO

31 outubro, 2006 19:37  
Anonymous Brandão Marques said...

É mesmo! E já agora também serve a carapuça ao viesceroso Falcão Gomes, aquele do Centro de Saúde, tu-cá-tu-lá com as Salmonelas!

31 outubro, 2006 21:24  
Anonymous J.Nogueira said...

Quem é o Isaltino Falcão?

31 outubro, 2006 22:01  
Blogger rouxinol de Bernardim said...

Caro Arqtº S. Garcia:

Pela primeira vez me desiludiu!

Que o Cá-7o tinha ambições a ser uma reserva ornitológica, está no seu direito.

Mas... que seja aberta a todos os pássaros! Porquê ficar surpreendido com o "Falcão"?!

Acho bem. Pode ser que corrija os seus vôos. Pode ser que deixe de predar a democracia e se envolva mais nas questões ecológicas.

Que o Cá-7O seja aberto a toda a "passarada" são os votos deste rouxinol que luta pela paz entre as espécies e faz votos de que a "selva" comece a ganhar regras de convivência plural e saudável.

E que no Céu - esse lugar geométrico onde se concentrarão todas as almas boas - haja lugar até para os "Falcões"... se se portarem bem, é claro!

DEUS É GRANDE E A SUA MISERICÓRDIA INFINITA!

01 novembro, 2006 16:28  
Blogger CÁ 70 said...

Caro Rouxinol

Pode crer que gosto bastante de falcões. Apreci-os, sobretudo em voo, esteticamente fantásticos.
O que não gosto é de aves de rapina.
Talvez um dia, juntando ao puzzle a peça que lhe falta, venha a perceber o sentido deste post.

Um abraço

01 novembro, 2006 18:30  
Blogger Manuel CD Figueiredo said...

Da família dos «Falcões» conheço um tal de «Isaltino», um tipo cheio de ambições e mentiroso, com tendências trafulhas. Será, por coincidência, o mesmo? Se não é, talvez seja familiar chegado, porque eles são muitos!

01 novembro, 2006 22:58  
Anonymous MMB du Bocage said...

Ó Silva Garcia,

Você agora a escrever isto sobre uma pessoa que pelos vistos ninguém conhece até parece o blogue NAPONTADOCAIS que se punha a desancar forte e feio nos donos do poder local. Não quero acreditar que queira agora herdar o estilo dela , que disse que deixava tudo para o Tony Vieira...

02 novembro, 2006 17:04  
Anonymous Anónimo said...

isto e que democracia no municipio para verem ate onde vai a estupidez de alguns politicos do vosso conselho ver aqui
http://www.povoasemanario.pt/default.asp?noticiaid=603&seccaoid=1&accao=noticia

02 novembro, 2006 18:39  
Anonymous Anónimo said...

amigo mais uma vitoria ganha aqui

A Comissão apreciou e aprovou por unanimidade dois pareceres relatados pelo Sr. Dr. Luís Montenegro, o primeiro dos quais sobre uma queixa de Joaquim José da Silva Garcia, Vereador da Câmara Municipal da Póvoa de Varzim, contra o Presidente da Câmara Municipal da mesma cidade, por este não lhe ter facultado informação sobre as horas extraordinárias pagas pela autarquia. O queixoso pede à CADA, ainda que emita parecer sobre o direito de informação que cabe em geral aos eleitos locais e aos vereadores em particular (Proc. 78/2006 – Parecer 79/2006).
O Parecer conclui nos seguintes termos:
“a) Não compete à CADA emitir parecer sobre a aplicação das normas que regulam o funcionamento das autarquias locais, nomeadamente quanto ao direito de informação dos eleitos locais;
b) A Câmara Municipal da Póvoa de Varzim, deve, em tempo útil, de modo a não por em causa o direito de acesso, facultar a Joaquim José da Silva Garcia, como se comprometeu, os documentos contendo a informação solicitada”.

02 novembro, 2006 19:18  
Blogger CÁ 70 said...

MMB du Bocage

O Isal Tino Falcão é uma personagem de ficção suficientemente abrangente!
E, cada Falcão que tenha vilipendiado o meu nome, atribuindo-me feitos e responsabilidades que não tenho, sabe bem que a carapuça lhe serve!
Se recorri a este tipo de escrita, não foi para me esconder atrás de nada!
Foi apenas um modo de, com algum humor, ridicularizar quem difama os outros escondendo-se atrás das insinuações que faz com boquinha de crocodilo...
Foi um modo confirmar que esse tipo de gente existe...
E foi uma maneira de lhes deixar subtilmente um recado: que ganhem juízo, que corrijam a sua conduta e não usem da difamação torpe para amesquinhar quem combate os seus desvarios!

De resto, não pretendo imitar ninguém, nem herdar o que quer que seja!
Na vida, contei sempre comigo!

Um abraço

03 novembro, 2006 09:29  
Anonymous Anónimo said...

Oh, caraças!Já percebo este post. O arquitecto tem razão!Nunca me tinah passado pela cabeça, porque sempre o vi a dar a cara quando fala e escreve. Por isso, quando ouvi o Afonso a dizer.me que o autor do Povoaonline era o arquitecto, não lhe dei importância!Fosca-se, que falta de nível andar a difamar os outros!

03 novembro, 2006 20:06  
Blogger UNIVERSALEX said...

CABORA BASSA foi um negócio alimentado pelos sucessivos governos depois de abril 74...Investiu-se rios erios de dinheiro em Cabora bassa depois de portugal liberto e democrático.... era escusado fazê-lo quando se deixou ao abandono e sem protecção as pessoas eos bens quer dos portugueses que viviam no ultramar quer das demais gentes aquem nem sequer se perguntou se queriam ou não ser cidadãos nacionais... o resultado foi miséria dos de lá e dos de cá... "bom dia falcão"..ou melhor dito "maldita ave de rapina!"
Alberto João Jardim é um oportunista... Que se aproveita da "Vergonhosa Descolonização" para forçar à manutenção das prebendas que Abril lhe tem oferecido...

04 novembro, 2006 10:14  
Anonymous Pedro Bandeira said...

Também já ouvi o Diamaantino a dizer o mesmo! Ainda na última entrevista a um jornal local ele insinua isso...
Gentalha, é o que é!

04 novembro, 2006 14:01  

Enviar um comentário

<< Home