06 junho 2006

LADO POSITIVO

AGUÇADOURA - à saída da denominada "etar" inaugurada pelo Senhor Presidente da Câmara da Póvoa de Varzim em 26 de Outubro de 2003



5 de Junho, Dia Mundial do Ambiente.
Ontem, por interessante coincidência, a Câmara da Póvoa aprovou por unanimidade a proposta de adesão ao Sistema Multimunicipal de Abastecimento de Água e de Saneamento do Vale do Ave.

Tantos anos depois do 25 de Abril e de década e meia de gestão municipal do PSD, em algumas freguesias da Póvoa os esgotos ainda circulam a céu aberto e só 5,5% das águas residuais têm tratamento. As redes da cidade e das freguesias do litoral continuam a descarregar para o mar sem qualquer controlo, poluindo as águas, com efeitos negativos para o sector das pescas e para as actividades turísticas e de lazer.
No espaço rural o cenário repete-se e é agravado pela contaminação dos solos, das toalhas freáticas e dos ribeiros em consequência de práticas agro-pecuárias inadequadas.

Tem sido mais que justa a crítica à falta de acção do poder vigente na Póvoa para resolver o problema, os erros conceptuais de soluções que já no momento da sua apresentação se mostravam inadequadas, os gastos com projectos e candidaturas mal elaboradas, a permanente auto-desculpabilização invocando falta de meios financeiros em simultâneo com gastos exorbitantes em áreas não prioritárias e até acessórias, com evidentes custos para o ambiente, para a qualidade de vida das populações e para a actividade económica.

Todavia, o tempo agora é de juntar esforços na construção de uma solução definitiva.
Pela parte que me toca, se antes fui duro na crítica que considero pertinente e justa, exprimo agora com optimismo e abertura de espírito o apoio a uma solução que, embora ainda em fase de estudos preliminares, parece constituir a resposta que, não sendo porventura a única, pode finalmente superar este deficit de desenvolvimento e qualidade de vida.

A adesão a este Sistema Multimunicipal, na componente em “alta” de Saneamento, configura uma solução técnica positiva e um meio operacional adequado e, bem acautelados os interesses locais e ponderada a capacidade e disponibilidade financeira da Câmara da Póvoa articulada com as candidaturas a que a Sociedade Águas do Ave pode aceder, esta opção pode potenciar a sustentabilidade e eficiência do sistema, resultando numa efectiva contribuição para a melhoria e preservação do meio ambiente.

Os estudos ontem apresentados têm uma expressão preliminar. Por isso, resta a cautela, que nunca é demais, de clarificar e enquadrar antes ou no âmbito do próprio Contrato, questões técnicas e económicas que ainda não estão completamente resolvidas de modo a acautelar o interesse actual e futuro da Câmara Municipal da Póvoa de Varzim, entre outras: a adequabilidade total do sistema “em alta” ao sistema municipal “em baixa”; a avaliação total do património “em alta” existente e a integrar na concessão; a avaliação total do sistema “em alta” a construir e seu faseamento e execução temporal; a avaliação, clarificação, de posse do sistema “em alta” no final da concessão (uma vez que nada é dito a este respeito); e a fixação de um valor máximo para o caudal a partir da qual o Município não paga.

Este é um domínio manifestamente de consenso que deve unir e envolver os diversos actores políticos, sem preconceitos de natureza partidária.
Eu não os tenho.
Importa-me sobretudo o bem comum!

13 Comments:

Blogger Manuel CD Figueiredo said...

«Mais vale tarde que nunca», lá diz o povo. Mas perdeu-se tempo demais por causa de orelhas moucas; não fora isso e esta (bonita)imagem de uma realidade confrangedora e criminosa poderia ter sido evitada. Espero que a solução visada seja viável e não tarde, porque os poveiros já foram suficientemente enganados e prejudicados. Gostaria também que este processo e procedimento servissem de lição para o futuro.
Vale a pena lutar, mesmo teimoasamente, se for por bem.

06 junho, 2006 22:14  
Blogger UNIVERSALEX said...

O mal é que tudo anda a cheirar mal, muito mal...

... mesmo muito mal...

07 junho, 2006 15:56  
Anonymous Mário d'Almeida said...

Boa Universalex! Há muita coisa no 55 a cheirar mesmo muito mal...

07 junho, 2006 17:53  
Anonymous Anónimo said...

POrque não é mais construtivo, ó mário de almeida?

Pedro Bandeira

07 junho, 2006 18:15  
Anonymous adolFo dias said...

Oh Pedro Bandeira, com esse teu comentário acabas-te de cometer o mesmo erro...

08 junho, 2006 14:44  
Anonymous adolFo dias said...

Chegou um comunicado do PS a uma agência de notícias. O líder do partido, Renato Matos, disse que desconhecia "quem" enviou o documento e "porquê". É claro que Macedo Vieira, presidente da Câmara da Póvoa, aproveitou a deixa e fartou-se de atirar contra os socialistas. E é assim que a maioria, que já é demasiado grande, continua a agigantar-se perante uma oposição que parece cada vez mais pequena e que é perita em dar tiros nos pés.

08 junho, 2006 17:43  
Blogger Manuel CD Figueiredo said...

O texto anterior é a cópia textual da Bandeirada Vermelha «Comunicados de bastidores», publicada no último «Póvoa Semanário».
Além da falta de originalidade, revelar a fonte é o mínimo exigível.

08 junho, 2006 19:49  
Anonymous Renato Matos said...

Caro Adolfo Dias, escreve-se "ACABASTE" e não "ACABAS-TE"!!
"Acabaste" é passado.
"Acabas-te" é presente!
Ex: Tu ACABASTE de revelar sectarismo com esse teu comentário.
Anda tudo muito interessado em criticar e atacar o PS... Já que o fazem sem conteúdo, ao menos que o façam em português...

Um abraço,
Renato Matos

08 junho, 2006 20:26  
Anonymous Anónimo said...

Macedo Vieira atirou contra os socialistas, porquê?
Para disfarçar o incómodo, não é?
Então porque é que alguns adolfos dão mais importância aos tiros contra quem denuncia o roubo do que ao roubo e ao ladrão?

Isto sempre há cada adolfo aos dias!!!

Mário Jorge

08 junho, 2006 22:14  
Anonymous Anónimo said...

Já agora, ó vozes do dono, a soldo do corrupto Vieira, porque é que não têm a dignidade de reconhecer que o gajo é crápula, um desonesto, que se serve da câmara para o interesse próprio.
Olha o filho do tipo - tem atraso e está na varzim Lazer a ganhar massa como milho!

J.Lopes

08 junho, 2006 22:18  
Anonymous Anónimo said...

Este comentário foi removido por um gestor do blogue.

09 junho, 2006 02:33  
Anonymous Anónimo said...

Renato?? És mesmo tu? Que merda de post!!
E já agora parabéns pela cobardia. Esses sanguessugas da Valadim deviam ter vergonha...

M.S. (Plastic)

09 junho, 2006 16:55  
Anonymous Anónimo said...

Que belo comentário o das 16:55 de 09 Junho, 2006!!!! É o PS no seu melhor...

12 junho, 2006 15:13  

Enviar um comentário

<< Home