14 abril 2006

CAUDILHO E LEVIANDADE



SE QUERES, SENTA-TE DE LADO...
MAS FALA DIREITO!

4 Comments:

Blogger UNIVERSALEX said...

E não há liberdade no falar?

15 abril, 2006 10:26  
Anonymous Anónimo said...

Há liberdade... até para dizer barbaridades, até de mentir, até de insultar...Mas, só há verdadeira liberdade se ela ajudar a construir humanidade. Não há liberdade sem dignidade. Não seremos verdadeiramente livres se pela voz e pela escrita divulgarmos a mentira e a agressão gratuita.

PONG

15 abril, 2006 13:43  
Blogger Manuel CD Figueiredo said...

Há quem pense que o facto de possuir um efémero poder - que afinal consiste em SERVIR - lhe confere mais liberdade que aos outros, os quais, sem disporem do mesmo tipo de poder, têm direito ao mesmo grau de liberdade.
Cada um será responsável pelo uso que fizer da sua liberdade, mas quando esta serve de cobertura a acções que a sociedade condena(como a mentira e o insulto) incorre-se na prática da traição: traição aos princípios, da moral e da ética, e aos compromissos publicamente assumidos.
Uma sociedade que se deseja digna não pode aceitar um tal tipo de comportamento, e temos o dever cívico de manifestar vivo repúdio por essa atitude. Nestes casos, o silêncio será conivência.

16 abril, 2006 00:22  
Blogger UNIVERSALEX said...

Já dizia PAULO VI

" O HOMEM é A medida de todas as coisas"
..."tudo deve existir para o Homem"..." e não O homem servir para todas as coisas"

17 abril, 2006 10:08  

Enviar um comentário

<< Home