22 novembro 2009

O PREÇO

Nem todos os homens têm preço


(…)
Todos os homens que têm preço acreditam que todos os homens têm um preço. É assim que vêm o mundo para que não se sintam corruptos. Para esses tudo na vida é apenas negócio e os homens que se dizem honestos serão apenas os que ainda não receberam a oferta certa. Mas tal ideia não passa de uma perigosa mentira. Nem todos os homens têm preço. Há homens para quem os seus imperativos éticos têm a força da sua própria essência. Felizmente, Rui Quelhas era mesmo um desses homens que não têm preço.
(…)
in NUVEM DE FUMO, de J.J.Silva Garcia

2 Comments:

Blogger RENATOGOMESPEREIRA said...

Arquitecto...
...há coisas que não vale a pena discutir... O preço da dignidadé é uma delas...quem já esteve no meio de uma guerra ( a sério...)sabe a que nivel pode baixar a dignidade humana...Não se iluda...Uma coisa é viver no conforto da Upper Class...onde todos se protegem e o protegem... No meio do deserto o mais duro até se rende ao escorpião mais próximo por qualquer preço, implorando por uma gota de água...
....no entanto não deixa de ter razão...em condições normais há os mais corrupos e os incorruptiveis...que não são os que ganham mais...antes pelo contr´
ario é mais fácil encioontrar um corrupto com altos salários e mordomias, do que num assalariado com salários em atrazo...

22 novembro, 2009 19:26  
Anonymous Anónimo said...

Incomoda ter que aceitar que a corrupção existe e sempre existiu.Ela apresenta-se de formas variadas e muitas vezes o corrupto nem tem a consciência imediata que está na mão do corruptor. Alguém se lembra da razões invocadas pelos Sindicatos judiciais para justificarem os ganhos e mordomias? Diziam que estava em causa a dignidade e a independência da função. Será que admitiam a possibilidade da justiça deixar de ser justiça se os seus vencimentos fossem menores? Tenho que reconhecer que a ocasião faz muitas vezes o ladrão, neste caso o corrupto. E ninguém diga que desta água não beberei. Em fases de crise social e de valores,como é esta, o preço a pagar não será alto.

28 novembro, 2009 18:43  

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home